Seren IncorporadoraSeren Incorporadora

Realidade virtual e seu futuro no mercado da engenharia

  • Share This Article

Realidade virtual (VR) pode ser definida como a tecnologia capaz de promover no usuário a sensação de estar em outra realidade. Sua principal função é a imersão, interação e envolvimento entre usuário e realidade projetada.

Os jogos eletrônicos foram um dos primeiros a se aproveitarem dessa tecnologia, atraindo cada vez mais pessoas pelo grande diferencial de imersão no ambiente do jogo e interatividade com a jornada e com os personagens.

Mas, é claro, a realidade virtual tem muitas outras aplicações e vem sendo cada vez mais utilizada na engenharia e na construção civil. Tais setores podem se beneficiar dessa inovação de inúmeras formas, melhorando a experiência e a relação do cliente com o projeto, otimizando designs, prevenindo erros, reduzindo custos e aperfeiçoando medidas de segurança.

O resultado? Clientes muito mais satisfeitos com os projetos, pois podem visualizá-los e negociar modificações de uma maneira muito mais eficiente.
 

Visualização de ambientes

    A realidade virtual aplicada na engenharia e construção civil possibilita uma riqueza de detalhes que, fisicamente, seria praticamente impossível alcançar com um projeto arquitetônico. Isso porque recursos como iluminação são utilizados da maneira mais perfeita possível, minimizando ao máximo erros e detalhes inadequados, algo difícil de alcançar num projeto comum, mas que valoriza toda a concepção daquele ambiente desenhado.

Por exemplo, é possível  “caminhar” pelo projeto ao selecionar uma área específica para visualização, sendo possível movimentá-la com simples movimentos com a cabeça. Além disso, a realidade virtual permite que os clientes acessem o ambiente já decorado, sugerindo alterações antes mesmo dele estar pronto, ou seja, economizando tempo e dinheiro. Cores, disposição de móveis, arranjos… Tudo isso pode ser visualizado com essa inovadora ferramenta.

Desse modo, fica muito mais fácil incompatibilidade entre o projeto e a idealização do cliente, aprovar alterações e analisar erros de interpretação que, muitas vezes, nem foram considerados no projeto original.

Mercado em expansão

Por ser uma ferramenta capaz de evitar erros e melhorar a comunicação entre engenheiros, arquitetos, imobiliária e cliente, a realidade virtual tem ganhado cada vez mais espaço nesse universo.

Além de todos os outros benefícios, é também uma ótima forma de gerenciar o projeto com mais eficiência, por ser possível comparar projeto original e o trabalho em andamento, identificando pontos a serem aperfeiçoados.

Usar a realidade virtual na sua obra ou projeto arquitetônico é garantir que você está oferecendo ao seu cliente o melhor em tecnologia e inovação, prevenindo erros e frustrações e fazendo com que o resultado final seja muito mais satisfatório.

Categorias